Elementos Chave

Os mestres de qigong ao longo dos tempos acumularam a partir das suas práticas de treino experiências muito ricas que acabaram por ser resumidas em três elementos chave de “regulação do corpo”, “regulação da respiração” e “regulação da mente”.

“Regulação do corpo” refere-se ao ajuste das posturas corporais e exercícios de relaxamento; “regulação da respiração” refere-se ao exercício da respiração e condução de qi; e “regulação da mente” refere-se à regulação das atividades mentais: o exercício de tranquilização mental e concentração mental.

Apenas uma estreita combinação e coordenação dos três elementos-chave na prática pode garantir um exercício frutífero de qigong.

Vejamos agora os três elementos.

1 – Regulação do Corpo (Posturas)

É essencial assumir posturas adequadas na prática de qigong. Posturas corretas são os pré-requisitos para garantir uma respiração suave e induzir relaxamento mental e tranquilidade. 

A teoria de que “se as posturas não forem corretas, o fluxo de qi não pode ser suave; se o fluxo de qi não é suave, a mente não pode ser concentrada; se a mente não estiver concentrada, o qi estará em desordem” demonstra a importância da regulação do corpo.

Por “relaxamento”, significa que durante a prática de treino não deve haver tensão mental, os membros e o corpo devem estar totalmente relaxados de modo a estarem em condições de tranquilização para ser possível circular o qi.

Por “tranquilização”, ou seja, durante a prática do treinamento, é necessário manter um estado de espírito calmo e estável, livrar-se dos pensamentos dispersos e tranquilizar a mente de modo a estar apto a treinar a “força da mente”. A tranquilidade é um estado tranquilo específico sob um estado de despertar. Este estado tranquilo é conhecido como “estado de qigong”.

“Relaxamento” e “tranquilização” são interdependentes e interfluentes. Se o “relaxamento” for bem realizado, será fácil tranquilizá-lo; e depois de tranquilizado, será ainda mais fácil relaxar.

2 – Regulação da Respiração

A regulação da respiração é a regulação e o exercício da respiração. É um elo muito importante no treino do qi, um método essencial para fazer com que o qi genuíno no corpo humano se acumule, inicie e circule. A regulação da respiração não só pode atingir os efeitos de regular o qi e o sangue e massagear os órgãos internos do organismo, mas também é útil para a tranquilização mental e o relaxamento físico.

Existem diferentes métodos de respiração, no entanto estar simplesmente atento a sua respiração natural é o mais simples para alcançar uma respiração uniforme.

3 – Regulação da Mente

O elo chave na regulação da mente é, por meio do esforço da vontade da mente, concentrar a mente, livrar-se de todos os pensamentos perdidos, substituir as miríades de pensamentos por um único pensamento, assim gradualmente induzir à tranquilidade e entrar num estado de vazio. 

Isso é, a saber, o chamado “treino da mente para retornar ao vazio”. É o exercício mais essencial na prática de qigong. O efeito da prática do treino é determinado principalmente pelo grau de tranquilidade. É relativamente difícil para iniciantes tranquilizar a mente, mas com tempo consegue-se adquirir esta “skill” e acalmar a mente em qualquer situação.

Os métodos tranquilizantes comumente adotados são os seguintes:

1) Método de concentração mental. A mente é altamente concentrada numa certa parte do corpo.

2) Método da respiração. A mente está concentrada na respiração, concentrada apenas na subida e na descida da respiração abdominal, sem a conduta da vontade da mente, de modo a formar uma unificação da vontade da mente e do qi e alcançar um estado mental tranquilo.

3) Método de contagem da respiração. Durante a prática, conte silenciosamente os tempos da respiração até que o ouvido deixe de ouvir, os olhos ansiosos para ver e a mente deixem de pensar, alcançando assim de forma natural um estado mental tranquilo.

4) Método de leitura silenciosa. Leia silenciosamente uma certa palavra ou frase, por exemplo, as duas palavras “relaxar tranquilamente”, uma palavra para exalação e inalação respectivamente. O objetivo é substituir as miríades de pensamentos por um pensamento, substitua todos os pensamentos perdidos por um pensamento, ou neste caso, duas palavras apenas, e assim conseguirá alcançar gradualmente um estado livre de pensamentos perdidos e cheio de relaxamento e alegria, e alcançará confortavelmente um estado de espírito tranquilo.

5) Método de escuta da respiração. Ouça com o ouvido o som de sua própria respiração feito pela passagem da corrente de ar respirado. Será melhor não ouvir nada. Caso nada se ouça, é aconselhável pensar em ouvir para ajudar a tranquilizar.

Voltar